domingo, 30 de outubro de 2011

Campanha de Outubro - ITB Imperial

Seguem algumas fotos da Campanha Educativa e Preventiva realizada no ITB Professor Moacyr Domingos Sávio Veronezi durante o mês de Outubro sobre o "Dia da Saúde Dentária".

Dra. Cristiane

Campanha de Novembro

Em novembro falaremos sobre o Dia Mundial e Nacional do Controle da Diabetes, celebrado no dia 14.
Aguardem!!!

sábado, 29 de outubro de 2011

Campanha de Outubro - ITB Paulista

Seguem algumas fotos da Campanha Educativa e Preventiva realizada no ITB Professor Munir José durante o mês de Outubro sobre o "Dia da Saúde Dentária".

Dra.Cinthya

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Campanha de Outubro - ITB Engenho

Segue a apresentação final da Dra. Fabiana no ITB Engenho. 
Foi emocionante! 
Se você gostou deixe um comentário.

Campanha de Outubro - ITB Paulista

Seguem algumas fotos da Campanha Educativa e Preventiva realizada no ITB Professor Munir José durante o mês de Outubro sobre o "Dia da Saúde Dentária".

Dra. Denise

Campanha de Outubro - ITB Viana

Seguem algumas fotos da Campanha Educativa e Preventiva realizada no ITB Professor Antonio Arantes Filho e EMEF Professor Renato Rosa durante o mês de Outubro sobre o "Dia da Saúde Dentária".

Dra. Denise

Campanha de Outubro - ITB Viana

Seguem algumas fotos da Campanha Educativa e Preventiva realizada no ITB Professor Antonio Arantes Filho durante o mês de Outubro sobre o "Dia da Saúde Dentária".

Dra. Cinthya

Campanha de Outubro - ITB Engenho

Apresentação final do Dr. Eduardo no ITB Engenho


Campanha de Outubro - ITB Engenho

Eis aqui um aluno hiper empolgado durante a Campanha no ITB Engenho.

ELIEL FELIX DA SILVA

video

Campanha de Outubro - ITB Engenho

Seguem algumas fotos da Campanha Educativa e Preventiva realizada no ITB Professora Maria Sylvia Chaluppe Mello durante o mês de Outubro sobre o "Dia da Saúde Dentária".

Dra. Fabiana


Obs.: O brinquedo utilizado é um dardo de espuma com ventosa, e em momento algum foi proposto ou há apologia à violência.

Deixamos aqui um convite aos professores, funcionários e alunos para que contribuam com as nossas Campanhas Educativas/Preventivas junto às Equipes de Saúde de sua Unidade Escolar, quer delas participando e/ou sugerindo novas atividades.

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Nossas Matérias


Dia Nacional de Controle a Obesidade

Todo dia 27 de outubro é celebrado o Dia Nacional de Controle da Obesidade. A data serve para que o assunto volte a público, em especial para os gestores de saúde. A obesidade, que é considerada uma epidemia mundial, já afeta quase 300 milhões de pessoas no mundo, segundo estimativa da Organização Mundial de Saúde (OMS).
A obesidade pode causar distúrbios da respiração, aumentar a incidência de dores de cabeça, alterações na qualidade do sono, distúrbios digestivos, comprometendo ainda de forma considerável a autoestima. É considerado um importante fator de risco, para doenças como infarto do miocárdio, hipertensão arterial (pressão alta), acidente vascular cerebral (derrame), diabetes mellitus. As facilidades e a agitação do mundo contemporâneo trouxeram ainda o sedentarismo. Como consequência, na maioria das vezes, a maior oferta de alimentos calóricos, que passaram a ser extremamente prejudiciais à saúde.
É possível diagnosticar o nível de sobrepeso, calculando o índice de massa corporal (IMC), que é a divisão do peso, em quilos, pela altura em metros, ao quadrado (kg/m2). A obesidade por ser desenvolvida por diversos fatores seja ela influenciada por herança genética, fatores ambientais e psicológicos, afeta pessoas de todos os níveis sociais, sexos e idades.
O tratamento recomendado para controlar a obesidade, a partir de um diagnóstico causal é, na maioria das vezes (quando não estamos diante de doenças associadas), substituir alimentos calóricos por produtos naturais e saudáveis, como verduras, legumes e frutas; trocar a quantidade pela qualidade dos alimentos; e, manter hábitos salutares como: deitar mais cedo, dormir o necessário, restringir o fumo, beber menos, além de naturalmente incorporar à sua rotina atividades físicas.
Os exercícios físicos, também contribuem e os mais indicados são aeróbios (natação, caminhada, corrida, andar de bicicleta), e os que promovem relaxamento, como a ioga.

Fonte: DCI: de olho na notícia


Equipe de Enfermagem do ITB Prof. Antonio Arantes Filho e
ITB Prof. Moacyr Domingos Sávio Veronezi
Amanda Ruas Almeida
Técnica de Enfermagem
COREN/SP 009.865

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Campanha de Outubro - ITB Mutinga

Seguem algumas fotos da Campanha Educativa e Preventiva realizada no ITB Professor Hercules Alves de Oliveira e EMEF Prefeito Nestor Camargo durante o mês de Outubro sobre o "Dia da Saúde Dentária".

Dra. Fabiana
Apresentação1
View more presentations from saudefieb

 
Obs.: O brinquedo utilizado é um dardo de ventosa, e em momento algum foi proposto ou há apologia à violência. 

Campanha de Outubro - ITB Mutinga

Seguem algumas fotos da Campanha Educativa e Preventiva realizada no ITB Professor Hercules Alves de Oliveira durante o mês de Outubro sobre o "Dia da Saúde Dentária".

Dr. Eduardo

Nossas Matérias


CUIDE DOS SEUS DENTES

Alimentação e saúde dental - Melhores alimentos
Alguns alimentos podem proteger contra cáries. Leite e queijo parecem ser capazes de elevar o pH na boca e, desta forma, reduzir a exposição dos dentes ao ácido. Eles também são ricos em cálcio e fosfato, podendo também encorajar a remineralização. Ainda, leite e queijo podem elevar a produção de saliva, o que contribui para elevar o pH na boca. Alimentação rica em fibras também ajuda a elevar o fluxo de saliva. Gomas de marcar sem açúcar estimulam a produção de saliva, e ajudam a limpar a superfície do dente. Até a goma de mascar com açúcar poderia ser benéfica, uma vez que o açúcar se dissolve bem rapidamente.
Alimentação e saúde dental - Piores alimentos
Sacarose (açúcar de mesa) é o açúcar mais comumente associado às cáries, embora glicose e maltose pareçam ser igualmente nocivos. A quantidade de açúcar consumido é menos importância do que a freqüência. Quanto mais freqüentemente açúcar é consumido, maior é o tempo no qual os dentes são expostos a níveis baixos de pH, nos quais a desmineralização acontece. Desta forma, é importante é importante encorajar o consumo não freqüente de alimentos contendo açúcar para que os dentes tenham chance de se reparar.
Limitar o consumo de alimentos com açúcar aos horários de refeições é uma forma de reduzir a incidência de cáries.
Açúcar artificialmente refinado não é o único tipo que pode promover o aparecimento de cáries. Há também os açúcares encontrados em frutas frescas e sucos de frutas. Esses alimentos (laranja, limão, maçã, etc.) também contêm ácidos que diminuem o nível de pH.
Outro fator que afeta o risco de cáries é se o alimento gruda nos dentes. Algumas comidas e doces podem grudar nos dentes e, desta forma, reduzir os níveis de pH na boca por um período maior de tempo, especialmente se tiverem açúcar. É importante que os dentes sejam limpos pelo menos duas vezes ao dia, de preferência com escova de dentes e creme dental com flúor, para remover qualquer alimento que esteja grudado. Escovar os dentes regularmente e usar fio dental também ajuda a remover a placa bacteriana na superfície dos dentes.
 
Créditos:
Tradução: © 2005, Hélio Augusto Ferreira Fontes.
Este artigo está licenciado sob a GNU Free Documentation License (www.gnu.org/copyleft/fdl.html). Usa material do artigo da Wikipédia "Tooth" (en.wikipedia.org/wiki/Tooth).

Equipe de Psicopedagogia da EEFMT Professora Dagmar Ribas Trindade
Regina Célia S. Chicazawa – RG. 19.128.636-9     
Ana Maria C. Sartorato – RG. 11.159.933-7      

Campanha de Outubro - EEFMT Maria Theodora

Seguem algumas fotos da Campanha Educativa e Preventiva realizada na EEFMT Professora Maria Theodora Pedreira de Freitas durante o mês de Outubro sobre o "Dia da Saúde Dentária".


Obs.: O brinquedo utilizado é um dardo de ventosa, e em momento algum foi proposto ou há apologia à violência.

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Campanha de Outubro - EEFMT Dagmar / Parte 4

Seguem algumas fotos da Campanha Educativa e Preventiva realizada na EEFMT Professora Dagmar Ribas Trindade durante o mês de Outubro sobre o "Dia da Saúde Dentária".


Nossas Matérias

Higiene bucal – Cuidado com os dentes


Uma coisa muito importante para se manter uma boa saúde e higiene em dia, é ter os devidos cuidados dentários. Uma boa higiene bucal transmite um aspecto bom e saudável a qualquer pessoa. Por isso daremos algumas dicas importantes no tratamento dos dentes.

CURIOSIDADE

Você sabia que o dente pode ser recolocado após ele cair devido a uma pancada?

Muita gente não sabe disso, e chega a se desesperar quando alguma coisa assim acontece, mas o dente pode ser recolocado no lugar, e para isso comece limpando o dente que caiu, fazendo isso com saliva. Após limpá-lo completamente coloque-o no lugar e pressione com alguma coisa macia, aplicando gelo logo após.
Em algum tempo ele estará fixo, mas estará normal ao fim de dois meses mais ou menos. É claro, você pode fazer isso, mas logo após recolocar o dente, procure um dentista para avaliar a situação.
Caso não consiga recolocar o dente, coloque-o em um copo de leite ou em soro fisiológico e leve-o ao dentista para que faça o trabalho. NUNCA embrulhe o dente em nada, isso pode desidratá-lo, dificultando assim o processo.

Pastas para branqueamento dos dentes.
Hoje existem diversos produtos que prometem deixar os seus dentes brancos, como as pastas desse tipo. Mas é preciso ter cuidado com elas, pois essas pastas possuem algumas substâncias que podem ser prejudiciais aos dentes, causando desgastes e corroendo-os. Antes de efetuar uma limpeza desse tipo procure um dentista para auxiliá-lo. As ideais são as que dizem conter flúor de forma a ajudarem no combate as bactérias que se encontram na boca.

Fio dental
O fio dental é uma ferramenta muito importante para combater o mau hálito e também remover o tártaro que se forma entre os dentes. É possível notar a sua eficiência, após um churrasco, por exemplo, que você acaba de escovar os dentes, e quando passa o fio dental vem aquele pedaço enorme de carne que estava ali escondido.

Limpeza da língua e escovação
É muito importante fazer uma limpeza adequada da língua, ela é um dos maiores causadores do mau hálito, quando não bem lavada. Muitas escovas hoje em dia trazem um limpador próprio para a língua, à maioria delas não é bem feita, então procure uma escova de dente ADEQUADA.
Se você não escova os dentes direito, a comida que fica nos seus dentes pode danificar os dentes e as gengivas. É importante escovar os dentes cuidadosamente todos os dias.  
Use uma escova de dente macia, porque essas não danificam as gengivas.  E se não tiver
Seja qual for o tipo de escova que usar, escove os dentes de trás assim como os da frente. Esfregue todos os lados do dente, prestando atenção à parte de cima e aos lados, onde eles se encaixam. Faça um movimento circular para limpar, movendo a escova horizontalmente ao longo das gengivas. Não escove com força. Depois, empurre as cerdas da escova entre os dentes e esfregue.

Pasta de dente, você pode usar sal dissolvido em água limpa, o bicarbonato de sódio também pode ser usado como um substituto para a pasta de dente, misturando-se uma colher de chá de bicarbonato de sódio para três colheres de chá de água e mergulhando-se a escova nesta mistura. Quando seus dentes estiverem limpos, enxágue os restos de comida solta com água limpa.

Reprodução:

Equipe de Psicopedagogia da EEFMT Professora Maria Theodora Pedreira de Freitas
Eliane Bisan Alves
Marly Hiromi Sportore

Nossas Matérias


COMO AGIR QUANDO FALAR COM UMA PESSOA QUE GAGUEJA?

A gagueira pode parecer um problema fácil de ser resolvido através de alguns conselhos simples, mas para muitos adultos, isso pode ser um distúrbio crônico. Aqui apresentamos algumas dicas para que você, ouvinte, possa ajudar:

1 - Evite dizer coisas do tipo: "fale devagar", "respire" ou "relaxe". Esses conselhos não ajudam e podem até atrapalhar ainda mais a comunicação.

2 - Deixe a pessoa perceber que você está realmente prestando atenção ao que ela está falando (conteúdo), ao invés de como ela está falando (forma).

3 - Mantenha contato visual e espere de forma natural e paciente até que a pessoa termine sua fala.

4 - Você pode ter vontade de completar as palavras ou até de finalizar as sentenças. Procure não fazer isso.

5 - Mantenha uma conversação normal, utilizando uma fala relaxada, mas não lenta a ponto de parecer artificial. Isso promove uma boa comunicação, independentemente de com quem você esteja falando.

6 - Tenha consciência que a pessoa que gagueja geralmente tem mais problemas em controlar a sua fala quando usa o telefone. Por favor, seja muito mais paciente nessa situação. Se você atender ao telefone e não ouvir nada, antes de desligar, tenha certeza que não é alguém que gagueja tentando iniciar uma conversa.

7 - Não force a pessoa que gagueja a falar em situações que ela teme, como por exemplo, ao telefone. Apesar de parecer que você está ajudando, isso pode atrapalhar.

8 - Trate a gagueira com naturalidade e sem julgamentos;

9 - Jamais imite a gagueira, muito menos com ar de deboche;

10 - Somente aborde o assunto da gagueira se sentir abertura da pessoa;

11 - Nunca ria da gagueira da pessoa.

Fonte: "How to react when speaking with someone who stutters" - Stuttering Foundation of America
http://www.stutteringhelp.org/Default.aspx?tabid=104
Traduzido por Daniela Veronica Zackiewicz, Eliane Regina Carrasco e Henrique Confessor, adaptado e ampliado pelo Grupo de apoio de SP.

Equipe de Fonoaudiologia
ITB Professor Hércules Alves de Oliveira
ITB - Professor Moacyr Domingos Sávio Veronezi
Érika do Prado (CRFa: 16364)